Tamanho do texto

Unidade será a maior da companhia americana no mundo voltada a produção de sementes de milho. Expectativa é de que a construção seja concluída em 2013

A companhia norte-americana de sementes Monsanto planeja investir 1,6 bilhão de pesos (R$ 710 milhões) para construir uma nova fábrica de produção de sementes de milho na Argentina. A Monsanto anunciou nesta sexta-feira, em nota, que a fábrica ficará no centro do cinturão do milho na província de Córdoba. A expectativa é de que a construção seja concluída em dezembro de 2013.

Leia também:  Monsanto vê mercado brasileiro como prioridade

A Monsanto já tem uma grande fábrica de produção de sementes de milho na província de Buenos Aires. A nova unidade de Córdoba será a maior do tipo no mundo, segundo a companhia, que aposta em um aumento das vendas na Argentina, no Brasil e na centro-leste da Europa para puxar seu crescimento nos próximos anos.

Além dos novos produtos de milho, a companhia planeja lançar em 2014 uma segunda geração de sementes transgênicas de soja na Argentina, apesar de dificuldades durante muitos anos para obter royalties com as sementes. A patente para a primeira geração, que é geneticamente modificada para resistir ao herbicida glifosato, vence em 2014. As novas sementes também serão resistentes a insetos.

As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.