Tamanho do texto

Programa incentiva os produtores rurais a utilizarem técnicas sustentáveis com o objetivo de reduzir a emissão de gases do efeito estufa e contribuir para a redução do desmatamento

O Banco do Brasil (BB) aplicou R$ 850 milhões por meio do Programa Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC), no período de julho de 2011 a maio de 2012.

O programa, criado pelo governo, incentiva os produtores rurais a utilizarem técnicas agropecuárias sustentáveis com o objetivo de reduzir a emissão de gases do efeito estufa e contribuir para a redução do desmatamento.

O programa prevê que o valor financiado pode ser de até R$ 1 milhão, com taxa de 5,5% ao ano e limite financiável de até 100% do investimento.

Os prazos do financiamento podem chegar a 15 anos, dependendo da atividade ou do bem financiado.

A meta do BB para a safra 2011/12, que se encerra no próximo dia 30 de junho, era emprestar R$ 850 milhões por meio do programa, ou seja, o banco alcançou o objetivo com um mês de antecedência.

Foram realizadas até o momento cerca de 2,6 mil operações. O programa ABC financia a recuperação de áreas e pastagens degradadas e a instalação de sistemas de integração lavoura-pecuária, lavoura-floresta, pecuária-floresta ou lavoura-pecuária-floresta.

Também estimula o plantio e manutenção de florestas comerciais ou destinadas à recomposição de reserva legal ou de áreas de preservação permanente, além da instalação do melhoramento do sistema de plantio direto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.