Tamanho do texto

Segundo o instituto, a estiagem prejudicou a lavoura; queda na produção foi mais intensa na Região Sul do País

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de maio reduziu ainda mais a previsão para a safra de soja em 2012. A nova estimativa ficou 1,1% menor do que a divulgada em abril.

Em relação à safra de 2012, a redução será de 12,4%. A estiagem prejudicou a lavoura. A queda na produção foi mais intensa na Região Sul do País, onde a perda foi estimada em 10.561.867 de toneladas.

Conab eleva estimativa de safra 2011/2012 para 161,2 milhões de toneladas

No Rio Grande do Sul, o rendimento médio variou de 2.845 para 1.445 quilos/hectare, no último ano, resultando na redução de 48,4% na produção do Estado. "Perdeu área com a estiagem e o rendimento também baixou", explicou Mauro Andreazzi, gerente da Coordenação de Agropecuária do IBGE.

O segundo maior produtor do grão, o Paraná, deve participar somente com 16,6% da safra do produto no País (10.891.349 de toneladas) em 2012, após uma participação de 20,6% na produção de 2011.

No entanto, o aumento do preço da soja já atingiu R$ 56,00 a saca de 60 quilos no Paraná, representando uma forma de compensação parcial ao produtor que teve o volume de produção reduzido pela estiagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.