Tamanho do texto

Modelo tcheca Alexandra Brendlova, fonte da bactéria para a "Instinto Engarrafado", é a aposta para atrair investimentos

Alexandra Brendlova estampa a campanha
Divulgação
Alexandra Brendlova estampa a campanha

Cervejeiros de Varsóvia, com o projeto The Order of Yoni, querem criar a primeira cerveja do mundo com a utilização de bactéria vaginal. O produto, que atualmente está em fase de financiamento coletivo pela internet, recebeu o nome de Instinto Engarrafado (na tradução livre de Bottled Instinct). 

A fonte da bactéria é a modelo tcheca Alexandra Brendlova, que estampa também os anúncios do projeto da cerveja inédita. "Imagine a mulher dos seus sonhos, seu objeto de desejo. O charme, a sensualidade, a paixão dela...experimente seu gosto, sinta seu cheiro, ouça sua voz", diz a apresentação que tenta convencer pessoas comuns a patrocinar a ideia na plataforma "indiegogo". 

A campanha, iniciada há pouco menos de uma semana e com fim programado para daqui a 25 dias, tem o objetivo de levantar €150 mil (cerca de R$ 613 mil). No entanto, até às 14h desta quarta-feira (30), irrelevantes €11 tinham sido arrecadados.  

Vídeo explica processo de produção da cerveja