A companhia aérea Azul investiu cerca de 100 milhões de dólares em títulos conversíveis em ações preferenciais da TAP Portugal, o que dará à brasileira direito de deter cerca de 40% do capital da portuguesa na ocasião da conversão. O negócio precisa ser aprovado pela Autoridade Nacional da Aviação Civil de Portugal.

undefined
Luis Philipe Souza/iG
A compra da TAP, ainda em aprovação pelo setor regulador português, foi anunciada em 2015

O investimento decorre do acordo de 450 milhões de dólares do HNA Group com a Azul anunciado no ano passado, por meio do qual o grupo chinês adquiriu fatia de 23,7 por cento na brasileira e direito a assento em seu Conselho de Administração. O aporte da Azul na TAP foi um requisito do acordo entre Azul e HNA Group, segundo comunicado nesta segunda-feira.

A Azul disse que o investimento fortalece os interesses comuns entre a companhia, a TAP e o HNA Group, dono da empresa aérea Hainan Airlines. A TAP foi adquirida por consórcio integrado pelo fundador da Azul, David Neeleman, e possui acordo de compartilhamento de voos com a empresa brasileira.

A Azul afirmou ainda que o investimento "abre espaço para explorar ainda mais acordos comerciais, negociações conjuntas, parcerias para otimização de frota e oportunidades globais de trabalho e carreira para seus tripulantes".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários