Morreu hoje (30), Aparecido Agostinho de 52 anos, quarta vítima da explosão na na cervejaria Heineken, em Jacareí, interior de São Paulo.

undefined
Corpo de Bombeiros da PMESP
Local onde ficava a caldeira que explodiu na fábrica da Heineken, em Jacareí (SP)


De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação, Aparecido havia sido transferido na tarde de hoje da Santa Casa de São José dos Campos para o hospital Albert Einstein de São Paulo. Ele teve 90% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos.

Aparecido era irmão de Altamiro Agostinho, que morreu no momento da explosão da caldeira na cervejaria. Ambos eram trabalhadores terceirizados da Heineken e faziam manutenção na caldeira.

O acidente ocorreu por volta das 10h30 de quinta-feira (28), com a explosão de uma caldeira na unidade que fica na Avenida Presidente Humberto de Alencar Castello Branco, em Jacareí.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários