Tamanho do texto

Avião do Bradesco ia de Brasília para São Paulo e sumiu dos radares na noite de terça-feira. Queda matou 4 pessoas

Marco Antônio Rossi morreu na queda do avião do Bradesco
Bradesco/Divulgacao
Marco Antônio Rossi morreu na queda do avião do Bradesco

Um dos executivos do Bradesco que morreram na queda do avião na noite de terça-feira (10) tinha uma longa carreira na instituição. Marco Antônio Rossi, 54 anos, era vice-presidente do Bradesco e presidente da Bradesco Seguro e trabalhava na instituição havia 34 anos.

Além dele, morreram no acidente Lúcio Flávio de Oliveira  (presidente da Bradesco Vida e Previdência), o piloto e co-piloto do jato modelo Citation VII e prefixo PTWQH, que ainda não tiveram os nomes revelados.

Marco Antônio Rossi nasceu em Bariri (SP) e era presidente da Bradesco Seguro e vice-presidente do Bradesco. Começou a trabalhar no grupo Bradesco há 34 anos, em julho de 1981, no Bradesco Vida e Previdência. 

Nessa unidade de negócios passou por todos os escalões da carreria, sendo eleito diretor em 1999. Em 2002 alcançou o mais alto cargo no negócio, diretor-presidente. Permaneceu na empresa até março de 2010, tendo sido eleito vice-presidente executivo do Banco Bradesco em janeiro de 2012.

Além do cargo de diretor-presidente da Bradesco Seguros, Rossi acumulava a presidência da BSP Affinity Ltda (desde março de 2009), da Bradseg Participações (desde abril de 2009), e vice-presidente da BP Promotora de Vendas (desde janeiro de 2012).

Rossi também era vice-presidente do Conselho de Administração da Odontoprev, diretor-presidente da Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização (Fenaseg), presidente do Conselho Diretor da CNseg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização) e presidente da Federación Interamericana de Empresas de Seguros (FIDES).

Foi presidente da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi) e Diretor-Presidente da Atlântica Companhia de Seguros.

Segundo o Sindicato dos Corretores de Seguro do Estado de São Paulo, o executivo Lúcio Flávio Conduru de Oliveira tomou posse como Diretor Geral da Bradesco Vida e Previdência após trabalhar 25 anos no grupo Bradesco, onde começou a carreira como assistente de vendas e galgou vários patamares na área comercial. Chegou a comandar os segmentos de Previdência e de Seguros de Vida e atuou como Diretor Executivo por sete anos.

O acidente

A aeronave que matou Rossi e mais três pessoas caiu em Guarda-Mor (em Minas Gerais, na divisa com Goiás). Segundo a polícia local, o choque foi tão violento que não houve condições de identificar os corpos, que ficaram carbonizados. Ainda não se sabe se a aeronave explodiu no ar ou no contato com o solo. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.