Tamanho do texto

Campanha publicitária dos EUA demonstra que boneca pode ser feliz na profissão, sempre com muito sucesso e glamour

Sempre glamourosa, Barbie professora dá aula em universidade
Mattel/ Divulgação
Sempre glamourosa, Barbie professora dá aula em universidade

Após 56 anos de idas ao shopping e de se produzir para festas deslumbrantes, a boneca Barbie sai da piscina e arruma um emprego, em busca de uma vida além do cabelereiro e da psicina com as amigas.

Com a campanha "Imagine as possibilidades", a nova coleção da Mattel nos Estados Unidos, traz, além de sua perfeição estética, uma mulher que pode trabalhar como professora, executiva, treinadora, paleontóloga e veterinária. 

Assista ao vídeo da campanha norte-americana:

A "inovação" ocorre após um reposiocinamento recente da marca, que tenta se atualizar, e para isso já produz bonecas de cor de pele e tipo físico diferentes da que deu fama à boneca: a loira perfeita e magra, além de rica.

A Barbie foi criada por Ruth Handler e o seu marido Elliot Handler em 1959, que tinham uma filha de nome Bárbara. Eles observavam a filha brincando apenas com bonecas bebês quando criança. Quando cresceu, já pré-adolescente, seu pai viu que Barbara ainda brincava com as suas bonecas. Então sua mãe criou uma boneca adolescente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.