Tamanho do texto

Setor bancário é destaque com 43% a mais de lucro, Itaú no topo e Santander com maior percentual de crescimento

O lucro das empresas brasileiras de capital aberto no segundo trimestre de 2015 foi 14,75% maior na comparação com o mesmo período do ano passado. As 321 empresas acumularam lucro de R$ 41,9 bilhões neste ano, enquanto em 2014 atingiram o montante de R$ 36,5 bilhões. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (25), pela Economatica.

O setor bancário foi o mais lucrativo no segundo trimestre de 2015. As 26 instituições de capital aberto saltaram dos R$ 13,3 bilhões em 2014 para os R$ 19,1 bilhões este ano –um crescimento de 43%. Na lista das 10 empresas mais lucrativas, seis são instituições financeiras, e o Itaú-Unibanco lidera o ranking com lucro de quase R$ 6 bilhões. 

10 maiores lucros entre empresas de capital aberto
Divulgação
10 maiores lucros entre empresas de capital aberto


O resultado dos bancos foi alavancado pelo lucro expressivo do banco Santander, que no período teve crescimento de R$ 3,3 bilhões, saindo de 2014 com uma lucratividade pouco maior que R$ 500 milhões. Sem o banco, o resultado das empresas brasileiras no segundo trimestre de 2015 seria de R$ 38,0 bilhões, contra R$ 36,0 bilhões em 2014 – crescimento de R$ 2,0 bilhões ou 5,66%.

Maiores prejuízos segundo trimestre de 2015

A Eletrobras foi a empresa com pior resultado no segundo trimestre de 2015, com prejuízo de R$ 1,35 bilhões. Entre as 10 empresas com maiores prejuízos temos apenas uma do setor financeiro:

Piores resultados entre as empresas de capital aberto
Divulgação
Piores resultados entre as empresas de capital aberto






    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.