Tamanho do texto

Junkers F13 comporta 4 passageiros e custará R$ 7 milhões

A Rimowa, marca alemã de malas e acessórios para viagem, acaba de entrar também para a história da aviação comercializando uma réplica fiel da mãe de todas as aeronaves comerciais, o Junkers F13. 

Alessandra Ambrósio e Dieter Morszeck, CEO da Rimowa, apresentam réplica do Junkers F13
Divulgação
Alessandra Ambrósio e Dieter Morszeck, CEO da Rimowa, apresentam réplica do Junkers F13


A apresentação oficial teve presença da atriz e top model brasileira Alessandra Ambrósio, garota propaganda da marca e estrela do mais recente catálogo mundial da marca.

Além de trazer de volta à vida a aeronave histórica, a empresa surpreendeu o mercado com o anúncio da fabricação de outras réplicas da aeronave sob encomenda. “Estou extremamente animado com este avião e posso antecipar a demanda por outras cópias no mercado. Já estabelecemos a Rimowa Flugzeugwerke AG, com sede na Suíça, onde vamos construir o F13 em série, para atender a demanda do mercado”, conta Dieter Morszeck, presidente-executivo da Rimova e neto do fundador da empresa.

R$ 7 milhões

O preço da aeronave vintage, que acomoda 4 passageiros – além do piloto e mecânico (tripulação) –, é R$ 7 milhões. 

Originalmente lançado em 1919, o Junkers F13 revolucionou a construção de aeronaves. Foi a primeira aeronave feita totalmente em metal com cabine de passageiros fechada e exportada para todo o mundo. Até 1933, mais de 330 unidades foram fabricadas, das quais somente algumas podem ser encontradas em museus – mas nenhuma em condição de voo.

170 km/h

A réplica construída pela Rimowa é a única capaz de voar: pode alcançar 170 km/ hora e  tem alcance de 600 km .

“Nós temos trabalhado neste projeto há muito tempo. Agradeço a toda a equipe por seus esforços incansáveis e paixão. Finalmente podemos devolver ao mundo um pedaço de sua herança cultural", disse Morszeck.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.