Tamanho do texto

Montadora alemã cresceu na China e Europa mesmo em tempos de crise

Pela primeira vez a montadora alemã Volkswagen ultrapassou a japonesa Toyota e se tornou a líder mundial em vendas de automóveis.

A Volkswagen vendeu 5,04 milhões de carros entre janeiro e junho – um pouco mais que os 5,02 milhões vendidos pela Toyota.

LEIA MAIS:  Produção de veículos e empregos em montadoras despencam em junho

A empresa japonesa disse na terça-feira que suas vendas caíram 1,5% em relação ao mesmo período de 2014, em um período no qual o crescimento econômico diminuiu em países emergentes.

A montadora alemã há muito tempo sonhava em bater a concorrente japonesa – e conseguiu atingir esse objetivo três anos antes de sua meta (2018).

Stefan Bratzel, chefe da organização alemã Centro de Gerência Automotiva, afirmou: "A Volkswagen conquista a coroa de líder de vendas em tempos difíceis, com a maioria dos mercados de carros em declínio. Eles terão que suportar a desaceleração da China se quiserem ficar na liderança".

O sucesso da Volkswagen foi facilitado por vendas crescentes na China, um mercado que hoje é responsável por um terço das vendas da empresa, assim como por uma recuperação na Europa.

A companhia, que também é dona da Audi e da Porsche, tem como objetivo para este ano superar "moderadamente" a marca de 10,1 milhões de carros vendidos em 2014.

A Toyota vendeu 10,23 milhões de veículos em 2014 e espera neste ano atingir a marca de 10,15 milhões.

General Motors
A General Motors liderou as vendas globais de carros por mais de sete décadas até ser ultrapassada pela Toyota em 2008.

Em 2011, a GM reassumiu momentaneamente a liderança quando a produção da Toyota foi prejudicada pelo terremoto e pelo tsunami no nordeste do Japão.

A japonesa voltou ao primeiro lugar no ano seguinte.

Por sua vez, a Ford anunciou que vendeu 3,26 milhões de veículos na primeira metade do ano.

A montadora americana disse que seus lucros aumentaram cerca de 10%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.