Tamanho do texto

Inicialmente, Chuck Netzhammer havia pedido doce com o símbolo da bandeira confederada e testou loja após a recusa

O Walmart foi forçado a pedir desculpas depois de aparentemente entregar um bolo com a temática do grupo terrorista Estado Islâmico para um cliente da Louisiana - um dia após se recusar a criar uma bandeira confederada para o cliente. As informações são do site britânico "Daily Mail".

Cenário:  A grande lição do fundador do Walmart para qualquer negócio

Chuck Netzhammer havia pedido bolo simbolizando bandeira confederada e após recusa da empresa, testou o Walmart
Reprodução/Youtube
Chuck Netzhammer havia pedido bolo simbolizando bandeira confederada e após recusa da empresa, testou o Walmart

Chuck Netzhammer apresentou um pedido de bolo que caracteriza uma bandeira confederada com o slogan "Herança, não ódio" impressa para a loja local do Walmart em Slidell na quinta-feira.

A loja teria se negado a preparar o doce uma semana após o massacre a uma igreja voltada à comunidade negra em Charleston, Carolina do Sul. A equipe da padaria escreveu "não poderemos fazer seu bolo", de acordo com documento apresentado por Netzhammer.

No dia seguinte, Netzhammer entregou um segundo pedido à loja - desta vez para criar uma bandeira do Estado Islâmico - a fim de testar as convicções do estabelecimento. E o Walmart fez o bolo com essa temática e o entregou ao homem. Na sexta-feira, Netzhammer foi ao YouTube expressar sua indignação sobre a loja.

"Tudo bem, Wal-Mart, vocês têm algumas explicações a dar. Eu fui comprar um bolo e vocês informaram que não poderiam fazer", diz ele em um vídeo que postou no YouTube.

"Voltei ontem e conseguiu obter um outro bolo com a bandeira do Estado Islâmico".

O porta-voz Walmart, Randy Hargrove, disse ao site Daily Caller que a loja havia "cometido um erro".

"O bolo no vídeo não deveria ter sido feito e pedimos desculpas", disse ele, explicando que o Walmart tinha "tomado a decisão de parar de vender itens relacionados com bandeiras confederadas que promovam esse tipo de imagem".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.