Tamanho do texto

De aplicativos a operações de redes de supermercados: 2014 teve operações bilionárias entre empresas

Quando Mark Zuckerberg, fundador da rede social Facebook, anunciou, no ínicio deste ano, a compra do aplicativo de mensagens Whatsapp por US$ 22 bilhões, internautas do mundo inteiro se espantaram. Isso porque, até fevereiro deste ano, o WhatsApp só havia anunciado o recebimento de US$ 8 milhões e sua única fonte de receita era a taxa de US$ 1 dos usuários premium.

No Brasil, no dia 18 de dezembro, a Península, empresa de investimentos de Abílio Diniz, presidente do Conselho de Administração da BRF, ex-acionista do Grupo Pão de Açúcar (empresa fundada por seu pai), anunciou a compra de 10% das operações da unidade brasileira do Carrefour pelo valor de R$ 1,8 bilhão. 

Mas essas não foram as únicas movimentações milionárias e bilionárias entre grandes empresas do Brasil e do mundo.

Veja as maiores fusões e aquisições empresariais anunciadas em 2014: