Tamanho do texto

Na contramão, a taxa de empréstimo pessoal recuou no mês

Pesquisa de taxas de juros realizada no dia 4 deste mês e divulgada nesta terça-feira (16) pelo Procon do Estado de São Paulo aponta alta na taxa média do cheque especial e queda na de empréstimo pessoal.

De sete bancos pesquisados, quatro aumentaram a taxa de cheque especial. A média de alta dos bancos pesquisados foi de 10,15% ao mês (a.m.), superior à do mês anterior, que foi de 10% a.m., representando um acréscimo de 0,15 ponto percentual.

A maior alta foi verificada nas transações pela Caixa Econômica Federal, que alterou de 6,33% para 7,03% a.m., o que significa uma variação positiva de 11,06% em relação à taxa de novembro. O banco HSBC registrou variação positiva de 2,50%, o Banco do Brasil, 0,22% e o Bradesco, 0,21%.

Já no empréstimo pessoal, dois elevaram sua taxa, sendo que em um dos bancos pesquisados houve redução, os demais permaneceram com os mesmos índices praticados no mês anterior.

A taxa média dessa modalidade foi de 5,85% a.m., inferior à do mês anterior, que foi de 6,01% a.m., representando um decréscimo de 0,16 ponto percentual.

As altas verificadas foram na Caixa Econômica Federal, que alterou de 3,75% para 3,91% a.m., representando uma variação positiva de 4,27% em relação à taxa do mês anterior e, e no Itaú Unibanco, com variação positiva de 0,48%.

A única queda constatada foi no Banco Bradesco, alteração de 7,76% para 6,45% a.m., variação negativa de 16,88% em relação à taxa de novembro.