Tamanho do texto

Consumidora de Campinas diz que objeto "é conhecido por ser usado por usuários de drogas para guardar cocaína"

Consumidora de Campinas encontrou objeto estranho após tomar Coca-Cola
Reprodução Facebook
Consumidora de Campinas encontrou objeto estranho após tomar Coca-Cola

A consumidora Crislaine Coscarelli encontrou um recipiente plástico dentro de uma garrafa de Coca-Cola na quinta-feira (11) e divulgou fotos no Facebook com a reclamação direcionada à marca do produto.

Em seu relato, a jornalista de Campinas (SP), começa o texto dizendo que esse "é o tipo da coisa que você acha que nunca vai acontecer com você. Quantas vezes já não li notícias a respeito de objetos estranhos encontrados dentro de latas, garrafas e outras embalagens de bebidas e alimentos?"

Segundo o relato de Crislaine na rede social, ela foi à cantina do trabalho na hora do almoço pediu uma garrafa de Coca-Cola, que a atendente tirou da geladeira e abriu em sua frente. "Me sentei à mesa com um colega e, enquanto comia e conversava, fui consumindo o líquido aos poucos, sem nada notar. Até o momento em que despejei no copo o restante que estava na garrafa. Só então notei o tal objeto estranho dentro do vidro. E ra um desses recipientes de plástico pequenos com tampa, meio azulado e que é conhecido por ser usado por usuários de drogas para guardar cocaína."

O objeto é um flaconete, recipiente de plástico, que acompanha determinados medicamentos que necessitam ser solvidos em líquidos diluentes.

"Nem sei externar a sensação de nojo e indignação que vivenciei. Como isso foi parar lá é a grande questão que fica, mas, como a garrafa foi aberta na minha frente, só me resta concluir que o erro aconteceu no engarrafamento", disse Crislaine. 

Por meio de nota, a Femsa Brasil – companhia engarrafadora da Coca-Cola no País – lamenta o ocorrido com a consumidora e "informa também que o processo de fabricação de seus produtos, desde a recepção da matéria-prima e embalagens até seu final encaixotamento, segue os mais rigorosos procedimentos de higiene, garantindo os mais altos padrões de excelência em qualidade".

Veja outros objetos estranhos encontrados em produtos:

 A empresa afirma ainda que a consumidora entrou em contato com o nosso SAC, e que a reclamação já está sendo atendida. "A Femsa Brasil reafirma seu compromisso com a qualidade e com o bem-estar de seus consumidores, colocando-se sempre à disposição por meio de sua central de atendimento, no número 0800 0212121", encerra a empresa.