Tamanho do texto

"E você, ainda deixa usarem sua origem como obstáculo para o seu progresso?" pergunta propaganda da marca de uísque

A marca de uísque Johnnie Walker está sob artilharia pesada no Facebook após, na visão de alguns internautas, culpar os negros pelo racismo que sofrem. A empresa responsável diz lamentar a interpretação.

Na quarta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, a marca publicou a foto de um negro sobre a qual está escrita a palavra "Branco" acompanhada do slogan da marca, "Keep Walking" (siga em frente, em tradução livre).

"E você, ainda deixa usarem sua origem como obstáculo para o seu progresso? Racismo. Até quando? #vocefazofuturo", diz o texto que acompanha a propaganda.

Propaganda do Johnnie Walker sobre racismo publicada na véspera do Dia da Consciência Negra
Reprodução/Facebook - 22.11.14
Propaganda do Johnnie Walker sobre racismo publicada na véspera do Dia da Consciência Negra

Internautas reagiram negativamente.

"Como assim VC DEIXA USAREM SUA ORIGEM? [ Ô ] babaca do MARKETING publicidade e propaganda, vc tá culpando a VÍTIMA pelo Crime?", escreveu um usuário do Facebook. "Doido, ninguém se vitimiza não, a sociedade [ é ] que nos faz vítimas!", diz outra.

Histórica: Garrafa de Johnnie Walker 1805 será leiloada a partir de R$ 60 mil

A campanha publicitária inclui também um vídeo em que o rapper Rincon Sapiência, negro, ouve frases e palavras racistas e mostra indiferença.

"Palavras soltas ou gestos, isso não me desagrada porque eu acho bonito ser assim do jeito que eu sou. Então, uma pessoa de mau caráter não vai dar o meu padrão de comportamento, entende?", diz o rapper no vídeo.

Marca lamenta interpretação

Após as críticas, a Johnnie Walker publicou nova postagem no Facebook, em que diz lamentar que a peça tenha sido interpretada de "maneira ofensiva" e defende o respeito a todas as raças.

"Isso prova que o racismo é um tema que merece ser debatido de forma séria e respeitosa por todos até que seja uma coisa do passado", informa o texto divulgado na rede social.

Por meio de nota à reportagem, a marca de uísque informou que a postagem polêmica ressalta a existência de racismo, que "deve ser enfrentado e combatido, não podendo ser ignorado".

"A marca promove em sua campanha a reflexão sobre a importância das atitudes pessoais como forma de mudar o próprio futuro, abordando diversos temas como eleições, carreira, casamento gay, consumo responsável, crise hídrica, entre outros", diz o texto.

Nada de tristeza: Empresa usa calendário com modelos nuas para vender caixões

Na pele: Por R$ 6 mil, jovem tatua logomarca da Rebook

Oportunidade: Magazine Luiza aproveita ira de torcedor para fazer publicidade na Copa

Em março, a Johnnie Walker se envolveu em uma disputa por batizar uma linha do uísque de Explorers Club (clube dos exploradores, em tradução livre), nome de um clube tradicional dos Estados Unidos. A agremiação processou a marca .

Veja outras propagandas polêmicas.