Tamanho do texto

Em comunicado, a Vale afirmou que a operação na mina não é economicamente viável nas atuais condições de mercado

Reuters

Mina Carvão Moatize, em Moçambique
Divulgação
Mina Carvão Moatize, em Moçambique

A japonesa Sumitomo Corp disse nesta segunda-feira (29) que a empresa e sua sócia brasileira Vale fecharão sua mina de carvão Isaac Plains em Queensland, na Austrália, até o fim de janeiro do ano que vem por conta da queda nos preços do carvão.

LEIA MAIS: Justiça nega recurso da União e favorece a Vale

A mina de Isaac Plains, localizada na Bacia de Bowen em Queensland, produz carvão usado na geração de energia e produção de aço. A mina tem reservas provadas de mais de 44 milhões de toneladas, segundo seu website.

A BHP Billiton e a Mitsubishi disseram na semana passada que estão cortando cerca de 700 postos de trabalho em minas de carvão que operam na Bacia de Bowen, citando condições de mercado difíceis.

Em comunicado separado, a Vale afirmou que a operação na mina não é economicamente viável nas atuais condições de mercado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.