Tamanho do texto

A previsão da multinacional é fazer o primeiro embarque de minério de ferro até o fim deste ano

Projeto Minas-Rio, da Anglo American, consegue licença de operação para mineroduto
Divulgação
Projeto Minas-Rio, da Anglo American, consegue licença de operação para mineroduto

A Anglo American obteve a licença de operação do mineroduto do projeto Minas-Rio, concedida na terça-feira (23) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), informou a mineradora nesta quarta-feira (24).

A empresa destacou que o empreendimento, entre a mina no Estado de Minas Gerais e o porto no Rio de Janeiro, deve realizar o primeiro embarque de minério de ferro no fim deste ano e terá capacidade de produção anual de 26,5 milhões de toneladas.

A licença vai agilizar o processo para o primeiro embarque de minério de ferro do Projeto Minas-Rio. A Anglo American tem desde maio passado a licença de operação do porto. Falta agora, segundo a empresa, a licença de operação da mina e da planta de beneficiamento, além da conversão definitiva da licença provisória de operação da linha de transmissão de energia elétrica de 230 kV.

Leia também : Minério de ferro cai a nova mínima de cinco anos

"Nosso foco total continua sendo o primeiro embarque no final de 2014, de forma segura e responsável”, informou por meio de nota o diretor de RH, Assuntos Corporativos, Segurança e Desenvolvimento Sustentável da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, Pedro Borrego.

O Projeto Minas-Rio inclui uma mina de minério de ferro e planta de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas, em Minas Gerais; um mineroduto de 529 km de extensão e o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, que tem uma parceria entre a Anglo American e a Prumo Logística, localizado em São João da Barra, no Rio de Janeiro.

* com Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.