Tamanho do texto

Os novos valores entram em vigor a partir de segunda (28)

Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (23) reajuste das tarifas de energia cobradas por 11 cooperativas de Santa Catarina e uma de São Paulo. Os novos valores entram em vigor a partir de segunda-feira (28). A única que terá a tarifa reduzida é a Cooperativa Energética Cocal (Coopercocal), com redução média de 1,02%, a ser aplicada no municipio catarinense de Cocal do Sul.

LEIA MAIS: Aneel aprova aumento de 19,85% nas tarifas de energia residencial Celg, de Goiás

Para a Cooperativa Regional Sul de Eletrificação Rural (Coorsel), distribuidora que atende à cidade de Treze de Maio, em Santa Catarina, o reajuste médio será 11,94% – 10,38% para consumidores de alta tensão e 12,65% para os de baixa tensão. A Cooperativa Pioneira de Eletrificação (Coopera), distribuidora que atende ao municipio de Forquilha, no mesmo estado, aplicará aumento médio de 3,34% em suas tarifas. Já as tarifas da Cergapa, cooperativa que atende ao município catarinense de Grão Pará, terão aumento médio de 10,03%. Todos os consumidores atendidos pela Cooperativa de Eletricidade de Gravatal (Cergral), localizada em Gravatá, Santa Catarina, terão a conta de luz reajustadaem 13,22% uniformemente.

A Aneel autorizou, para a Cooperativa de Eletrificação de Braço Norte (Cerbranorte), reajuste médio de 11,62%. A distribuidora opera na cidade de Braço do Norte, também em Santa Catarina. Os consumidores de Biguaçu, atendidos pela Cooperativa de Prestação de Serviços Públicos de Distribuição de Energia Elétrica Senador Esteves Júnior (Cerej), terão aumento médio de 16,35% nas tarifas – 14,49% para os de alta tensão e 16,64% para os de baixa tensão.

O reajuste médio aprovado para a Cooperativa de Eletrificação Anita Garibaldi (Cergal), que atende a cidade de Tubarão, foi 14,49% – efeito médio de 14,13% para alta tensão e de 14,63% para baixa tensão. No município catarinense de Praia Grande, atendido pela Cooperativa de Eletricidade Praia Grande (Ceprag), a Aneel autorizou aumento médio de 13,01% (12,08% para consumidores de alta tensão e de 13,18% para os de baixa tensão).

Em Saudades, outro município catarinense, o reajuste médio aprovado para a Cooperativa Distribuidora de Energia Vale do Araçá (Ceraçá) será 15% – 13,23% para consumidores de alta tensão e de 15,82% para os de baixa tensão. A Cooperativa de Distribuição de Energia Elétrica de Anitápolis (Ceral Anitápolis) foi autorizada a aplicar um aumento médio de 11,77% nas tarifas, com efeito medio de 8,68% para alta tensão e de 11,78% para baixa tensão.

No município de Paulo Lopes, em São Paulo, a Aneel autorizou reajuste médio de 17,26% para os consumidores atendidos pela Cerpalo. O impacto médio para consumidores de alta tensão ficou em 17,45%, e de 17,22% para os de baixa tensão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.