Tamanho do texto

A Merck acrescentou que planeja investir um adicional de 130 milhões a 150 milhões de euros em sua unidade de biossimilares no próximo ano

Reuters

Merck também  vai ampliar as parcerias existentes com a indiana Dr. Reddy's e com a brasileira Bionovis
Thinkstock/Getty Images
Merck também vai ampliar as parcerias existentes com a indiana Dr. Reddy's e com a brasileira Bionovis

A fabricante alemã de medicamentos e produtos químicos Merck está em negociações avançadas com potenciais parceiros para a sua droga de imunoterapia para o câncer anti-PD-L1, disse a empresa nesta quinta-feira (18).

LEIA MAIS: Pele de animais e remédio para disfunção erétil são apreendidos em aeroporto

"Estamos atualmente em discussões avançadas com grandes empresas de oncologia e temos como objetivo chegar a um acordo até o final do ano", disse em um comunicado.

A Merck acrescentou que planeja investir um adicional de 130 milhões a 150 milhões de euros (US$ 168 milhões a US$ 192 milhões) em sua unidade de biossimilares no próximo ano, acima dos 100 milhões de euros deste ano, dependendo do resultado da Fase I dos estudos em curso.

Ele disse que vai ampliar as parcerias existentes com a indiana Dr. Reddy's e com a brasileira Bionovis em outro ainda não divulgado acordo de licenciamento para um biossimilar, inicialmente para mercados emergentes menores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.