Tamanho do texto

Empresa também confirmou planos de vender uma fatia de 49% na fornecedora de submarinos Atlas Elektronik

Reuters

Maior grupo aeroespacial da Europa disse que venderá seus ativos de comunicação segura Professional Mobile Radio
Getty Images
Maior grupo aeroespacial da Europa disse que venderá seus ativos de comunicação segura Professional Mobile Radio

A Airbus revelou planos nesta terça-feira (16) para vender meia dúzia de unidades conforme direciona o foco na unidade de Defesa e Espaço para as atividades de aviões de guerra, mísseis, lançadores e satélites.

LEIA MAIS: Airbus A380: maior avião do mundo encalha e fabricante dá desconto

Anunciando os resultados de uma revisão de portfólio, o maior grupo aeroespacial da Europa disse que venderá seus ativos de comunicação segura Professional Mobile Radio e vai considerar a venda de atividades de satélites comerciais e não governamentais.

A empresa também confirmou planos de vender uma fatia de 49% na fornecedora de submarinos Atlas Elektronik e disse que buscará compradores para a companhia de sistemas e software ESG e três unidades menores: a fornecedora de sistemas ambientais baseada nos Estados Unidos Fairchild Controls, a fabricante alemã de simuladores de cabines Rostock System-Technik e a AvDef, pequena empresa de aviação no sul da França.

Para seus negócios eletrônicos restantes de segurança e defesa, "alternativas industriais adicionais serão exploradas" para encorajar o crescimento, disse a Airbus em comunicado.

A medida ocorre semanas após uma reorganização das atividades de lançadores espaciais em conjunto com a francesa Safran, e deixa a fatia da Airbus no consórcio para o Eurofighter e mísseis MBDA, assim como sua própria aeronave A400M, no centro de um portfólio focado em aeronáutica e espaço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.