Tamanho do texto

Peça vintage da Urban Outfitters faz referência ao massacre na Universidade Kent State (EUA), quando a Guarda Nacional de Ohio matou quatro estudantes que protestavam contra Guerra do Vietnã

Depois de colocar uma blusa manchada de sangue, a Urban Outfitters avisou que a peça de US$ 129 estava esgotada
Reprodução
Depois de colocar uma blusa manchada de sangue, a Urban Outfitters avisou que a peça de US$ 129 estava esgotada

A marca Urban Outfitters teve de voltar atrás e, aparentemente, retirou do site um agasalho de moletom inspirado em uma trágica história da Universidade Kent State, nos Estados Unidos. A peça cor de rosa, vendida por US$ 129, trazia manchas com aparência de sangue.

A ideia foi muito criticada nas redes sociais. Isso porque a criação foi inspirada no massacre ocorrido em 1970, quando a Guarda Nacional de Ohio invadiu o campus e matou a tiros quatro estudantes que protestavam contra a Guerra do Vietnã. Para os internautas, a marca teve mal gosto. No site, a peça aparece como esgotada.

Além dos quatro estudantes mortos, nove ficaram feridos na ação da Guarda Nacional.

Não é a primeira vez que uma marca de roupas erra dessa forma. Recentemente, a Zara teve de suspender a venda de uma peça infantil que lembrava o uniforme que os nazistas obrigavam os judeus a vestirem nos campos de concentração.

Leia :   Zara recolhe roupa infantil que lembra uniforme de campo de concentração

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.