Tamanho do texto

Associado à Coca Cola Zero, produto da rede tem a mesma coloração do refrigerante

Imagine comer um hambúrguer tingido com carvão de bambu e tinta de lula. No Japão, isso já é possível. A rede de fast food Burger King passou a comercializar por lá duas novas variedades do alimento escuro como petróleo.

No Japão, a rede Burger King lançou em parceria com Cola (na versão Zero) dois sanduíches bem inusitados para o padrão brasileiro – eles são pretos, do pão ao queijo
Reprodução
No Japão, a rede Burger King lançou em parceria com Cola (na versão Zero) dois sanduíches bem inusitados para o padrão brasileiro – eles são pretos, do pão ao queijo

Por 480 ienes (R$ 10,48), você pode saborear o Kuro Pearl, que em tradução livre significa "pérola negra". Já o Kuro Diamond ("diamante negro") é vendido por 690 ienes (R$ 15,07) no país asiático.

Leia mais:  Burger King oferece Big Mac de graça e perde 30 mil fãs na internet

O molho, composto por soja e cebola, ganhou uma coloração ainda mais escura por conta da tinta de lula. No pão, o carvão de bambu dá conta do recado. E para completar, o hambúrguer recebeu um toque de pimenta preta. Só o alface, a maionese e o tomate foram poupados na versão Kuro Diamond.

A rede lançou a linha de hambúrgueres escuros em 2012 e, desde então, lançou três gerações da linha Kuro, que parece ter caído no gosto dos japoneses. A promoção é associada à Coca Cola Zero que, por coincidência ou não, tem a mesma coloração do hambúrguer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.