Tamanho do texto

O isopreno renovável será feito a partir de açúcares de plantas será usado na fabricação de pneu e outras aplicações de borracha

Reuters

A petroquímica Braskem vai se juntar à parceria já estabelecida entre a Amyris e a Michelin para desenvolver e comercializar isopreno renovável, utilizado na fabricação de pneus e outras aplicações de borracha, informaram as empresas nesta terça-feira (9).

As companhias irão trabalhar em conjunto no desenvolvimento de uma tecnologia para utilizar açúcares de plantas, como os da cana-de-açúcar e de fontes de celulose, para produzir isopreno renovável.

"A Amyris vai dividir seus direitos de comercializar a tecnologia de isopreno renovável desenvolvida sob sua colaboração com a Braskem. A Michelin manterá certo acesso preferencial, mas não exclusivo, ao isopreno renovável a ser produzido com a tecnologia", afirmaram.

O valor do acordo não foi divulgado pelas companhias.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.