Tamanho do texto

Companhia aérea irlandesa ainda tem a opção de compras outras 100 aeronaves

Reuters

A Ryanair, maior companhia aérea de baixo custo da Europa, acertou a compra de 100 aeronaves 737 MAX 8 da Boeing, anunciaram as companhias nesta segunda-feira (8), com uma opção para 100 outras aeronaves para um valor total de aproximadamente US$ 22 bilhões.

Os jatos, que podem transportar 11 passageiros a mais que aviões 737 anteriores, fazem parte do esforço da companhia aérea irlandesa de elevar seus números anuais de passageiros em 50% para 120 milhões por ano em uma década.

O acordo por 100 jatos soma cerca de US$ 10,4 bilhões, ao preço de lista de 104 milhões do 737 MAX 8, mas companhias aéreas normalmente negociam fortes descontos, principalmente em grandes pedidos.

A Ryanair fez no ano passado uma encomenda de US$ 15,6 bilhões por 175 jatos Boeing 737-800, mas o presidente-executivo da Ryanair Michael O'Leary disse em julho que manteria essa encomenda, mesmo enquanto estudava a versão MAX, com densidade maior.

Confira algumas das fuselagens mais inusitadas do mundo:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.