Tamanho do texto

A empresa estaria operando um cartel em conjunto com a NGK Spark Plug; a alemã não revela detalhes sobre o caso

Reuters

A fornecedora automotiva Bosch disse ter entrado em contato com autoridades antitruste no Brasil depois de uma investigação interna revelar que estava operando um cartel de velas de ignição em conjunto com a japonesa NGK Spark Plug.

"Comunicamos às autoridades", disse um porta-voz da Bosch nesta segunda-feira (8). A Bosch disse que não poderia revelar mais detalhes dada a natureza das investigações, que seguem em curso.

A NGK não estava disponível para comentar o assunto.

O jornal alemão "Handelsblatt" havia noticiado que a Bosch tinha contatado os reguladores sobre suas atividades no Brasil.

No mês passado, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos disse que a NGK Spark Plug tinha concordado em se declarar culpada e pagar uma multa de US$ 52,1 milhões por seu papel na fixação de preços e no aparelhamento em licitações para contratos de fornecimento de velas de ignição e outras peças automotivas.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.