Tamanho do texto

Funcionários reclamaram de condições de trabalho e dos custos relacionados à aquisição do uniforme

Os funcionários do Walmart estão descontentes com a novidade do departamento de recursos humanos. Em 29 de agosto, a empresa passou a obrigar a utilização de uniforme para os funcionários nos Estados Unidos, conforme nota publicada pela Bussines Insider .

Embora Bárbara Simone, executiva da área, tenha mencionado o “orgulho” da marca Wal-Mart em seu comunicado oficial, o discurso não pegou. "Com todo o respeito com a empresa, este é mais um gasto para a nossa família já que esta é a nossa única fonte de renda com a minha esposa e dois filhos", escreveu um funcionário.

Outro trouxe outros problemas. "As condições de trabalho em minha loja são atrozes", escreveu a pessoa. "Há dez anos eu dei tudo de mim, mas os meus esforços e voz são ignorados. Nem minhas queixas, nem as dos colegas, importam. Trazer de volta os coletes como se estivéssemos vivendo em 1994 vai mudar nada. Há problemas reais para resolver em nossas lojas."

"Todos os meses vocês inventam algo novo para torturar os funcionários", reclamou um terceiro.

O porta-voz do Walmart Kory Lundberg disse feedback dos funcionários é importante para a empresa.

Veja os novos uniformes do Walmart.

Dresscode from John Shuler on Vimeo .


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.