Tamanho do texto

País iniciou o processo de aquisição de quatro aviões de reabastecimento em março

Reuters

Boeing e Airbus entram em disputa na Coreia do Sul
Reuters
Boeing e Airbus entram em disputa na Coreia do Sul

A Boeing e Airbus estavam entre as três ofertantes em um programa da Coreia do Sul de cerca de 1,4 trilhão de wons (US$ 1,38 bilhão) para comprar quatro aviões de reabastecimento, disseram duas pessoas familiarizadas com o assunto nesta segunda-feira (30).

- Demanda por voos domésticos sobe 4,2% em maio

A Coreia do Sul iniciou o processo de aquisição em março para aumentar o alcance de suas operações aéreas em meio a crescentes tensões na região e com a Coreia do Norte.

As propostas, que vencem segunda-feira, tiveram o 767 KC-46 da Boeing, o A330 multi transporte da Airbus, e o reformulado B767-300ER da Israel Aerospace Industries, disseram as fontes.

Elas não quiseram ser identificadas porque o assunto ainda é confidencial. A Coreia do Sul espera fechar o acordo até o fim deste ano.

Aviões do tipo 'tanker' são usados para reabastecer caças de combate e outros aviões de guerra durante o voo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.