Tamanho do texto

GoPro, dona de cerca de 90% do mercado, abriu capital na Nasdaq

Reuters

As ações da GoPro, fabricante de câmeras usadas por surfistas, paraquedistas e outros viciados em aventura para registrar e publicar suas façanhas online, subiram mais de 38% em sua estreia no mercado de capitais, na Nasdaq.

As ações da companhia subiram para US$ 33 no início do pregão da Nasdaq nesta quinta-feira (26), avaliando a companhia que popularizou as câmeras de ação para consumidores em cerca de US$ 4 bilhões.

A GoPro é a primeira companhia de eletrônicos norte-americana a abrir capital desde a fabricante de fones de ouvido Skullcandy em 2011.

Os vídeos feitos usando as câmeras vestíveis da companhia fizeram sucesso na Internet. A companhia disse que seus vídeos atraíram mais de 1 bilhão de visualizações no primeiro trimestre no YouTube, onde seu canal tem mais de 2 milhões de assinantes.

A GoPro foi fundada em 2004 por Nick Woodman, CEO da empresa, que teve a ideia enquanto estava na Austrália para surfar. Ele captou os primeiros recursos para desenvolver a câmera vendendo colares de conchinhas na costa da Califórnia.

"Provavelmente não há uma marca de eletrônicos tão dominante como tem sido a GoPro em sua categoria desde o início do iPod e do iPad", disse o analista da Dougherty & Co, Charlie Anderson, em comunicado a clientes.

Anderson estima que a GoPro capturou mais de 90% do mercado de câmeras de ação.

Às 14h40, horário de Brasília, as ações da companhia subiam 30,8%, a US$ 31,44.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.