Tamanho do texto

O prédio de 21 andares se tornará o novo centro do grupo para todos os seus negócios no local

Reuters

Citigroup paga recorde de US$ 700 milhões por nova sede em Hong Kong
Getty Images
Citigroup paga recorde de US$ 700 milhões por nova sede em Hong Kong

O Citigroup pagará US$ 5,425 bilhões de Hong Kong (US$ 699,86 milhões) por sua nova sede em Hong Kong, na maior compra de um prédio comercial no centro financeiro da Ásia, afirmou o banco norte-americano nesta terça-feira (17).

- Planos econômicos: BC deve se abster, diz conselheiro do governo alemão

O prédio de 21 andares se tornará o novo centro do Citi para todos os seus negócios em Hong Kong, onde o banco disse empregar quase 5 mil funcionários. Isso o torna o maior empregador entre bancos estrangeiros na cidade.

O Citi se torna o quarto grande banco global a levar sua sede de Hong Kong do bairro central, cada vez mais caro, para a área de Kowloon.

O Credit Suisse, o Deutsche Bank AG e o Morgan Stanley se mudaram do centro da cidade para o Centro de Comércio Internacional, de 118 andares, em Kowloon, nos últimos quatro anos, em meio ao aumento dos aluguéis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.