Tamanho do texto

Transação é tentativa de sites voltarem ao mercado norte-americano após acusação de fraude e lavagem de dinheiro

AP

Sede da Amaya, no Canadá: compra é tentativa de reabrir EUA para os jogos de aposta na internet
AP
Sede da Amaya, no Canadá: compra é tentativa de reabrir EUA para os jogos de aposta na internet

A dona e operadora das marcas PokerStars e Full Tilt Poker será vendida para o Amaya Gaming Group, Inc., num negócio de US$ 4,9 bilhões – R$ 10 bilhões – que é também uma tentativa de retornar ao mercado norte-americano após questionamentos das autoridades federais há três anos.

LEIA TAMBÉM: Pôquer ganha adeptos, jogadores-celebridade e vira febre no País

A PokerStars e a Full Tilt enfrentaram problemas em abril de 2011, quando o governo dos EUA acusou de fraude e lavagem de dinheiro os executivos e pessoas que manejavam os recursos do empreendimento.

Empresa foi multada em R$ 1 bilhão

Em julho de 2012, a PokerStars fechou um acordo com o Departamento de Justiça em que concordou a pagar ao governo US$ 547 milhões em três anos. À época, a companhia disse que o dinheiro seria usado, em parte, para reembolsar ex-clientes americanos do Full Tilt Poker, que teve os ativos adquiridos pela PokerStars.

Ronaldo Fenômeno, um dos garotos propaganda da PokerStars
Reprodução
Ronaldo Fenômeno, um dos garotos propaganda da PokerStars

A Amaya, gigante canadense de jogos, disse, no fim da tarde de quinta-feira (12), acreditar que a aquisição vai acelerar a entrada da PokerStars e da Full Tilt Poker em mercados regulados nas quais a companhia já tem uma entrada, especialmente nos EUA. A Amaya produz máquinas e sistemas de jogos.

Especialistas dizem que os jogos de apostas pela internet nos EUA são controlados por operadores ilegais que atuam a partir do estrangeiro e continuam a atrair consumidores e a dragar milhões de dólares.

A primeira companhia legal de pôquer nos Estados Unidos abriu há pouco mais de um an. Desde então, o crescimento da indústria tem sido freado por diversos fatores, como dificuldades técnicas e leis que so permitem os jogos de apostas pela internet para moradores de três Estados – Nova Jersey, Nevada e Delaware – onde a atividade é legal.

Ainda assim, especialistas acreditam que há espaço para o crescimento da indústria nos EUA.

Sites têm mais de 85 milhões de jogadores

A PokerStars e a Full Tilt são detidas pelo Rational Group, Ltd., com sede na Ilha de Man [ dependência da coroa britânica ], cuja controladora é detida pelo Oldford Group Ltda.

A PokerStars – maior site de pôquer do mundo – e a Full Tilt Poker possuem mais de 85 milhões de jogadores registrados. Os serviços não serão afetados pela aquisição pela Amaya.

O negócio deve ser fechado em 30 de setembro, pois precisa da aprovação dos acionistas da Amaya, que se reúnem em 30 de julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.