Tamanho do texto

A rede disse que as vendas mundiais em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses cresceram 0,9%

Reuters

Vendas do McDonald's caíram 1% em maio nos EUA
Reuters
Vendas do McDonald's caíram 1% em maio nos EUA

O McDonald's divulgou nesta segunda-feira (9) um pequeno aumento nas vendas globais de seus restaurantes em maio, após uma recuperação na China ajudar a compensar outro mês de resultados decepcionantes no mercado doméstico da rede de restaurantes de fast-food, os Estados Unidos.

As vendas do McDonald's nos EUA em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses caíram 1% em maio, no sétimo mês seguido de queda, conforme enfrenta dura competição de rivais, como Wendy's e Burger King, erros internos que desaceleraram o serviço e protestos de seus funcionários que ganham salário mínimo, que prejudicaram sua imagem.

- Empresário fatura R$ 120 mil com ar enlatado do Brasil para turistas

Analistas consultados pela Consensus Metrix previam que as vendas em restaurantes estabelecidos de maio subissem 0,1% no EUA, que responderam por 31% da receita do McDonald's em 2013. A companhia não detalha os totais de receita anual para a China.

A maior rede de restaurantes do mundo em receita disse que as vendas mundiais em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses cresceram 0,9% no mês passado, ligeiramente melhor que o ganho de 0,8% que analistas esperavam.

As vendas em restaurantes estabelecidos cresceram 2,5% na região da Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África (Apmea, na sigla em inglês), que inclui a China. O resultado facilmente superou a estimativa média de analistas de ganho de 0,7%. Em maio de 2013, um surto de gripe aviária na China pressionou os resultados da região.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.