Tamanho do texto

Em comparação a abril, a produção de cerveja teve alta de 4,3%

A produção brasileira de cervejas cresceu 14,8% em maio ante igual mês do ano passado, acumulando alta de 12,3% no acumulado do ano, segundo dados do Sistema de Controle de Produção de Bebidas (Sicobe) divulgados pela Receita Federal.

No mês, foram produzidos 1,1 bilhão de litros da bebida, avanço de 4,3% sobre abril.

O aumento se deu em um período marcado por discussões fiscais sobre a categoria de bebidas frias, que engloba cervejas, refrigerantes, isotônicos e refrescos.

Após ter anunciado em abril alta de IPI e do PIS/Cofins sobre o setor, mudança que entraria em vigor neste mês, o governo voltou atrás e suspendeu o aumento por três meses para evitar aumento de preços durante a Copa do Mundo e mais pressão sobre a inflação.

Comportamento dos refrigerantes

A produção de refrigerantes também cresceu em maio, embora em ritmo mais modesto. O avanço foi de 3% sobre o mesmo mês de 2013, e de 5,6% na comparação com abril, a 1,25 bilhão de litros.

Nos cinco primeiros meses do ano, a produção da refrigerantes teve alta de 1,6%.

Confira algumas opções de cervejas artesanais vendidas no Brasil:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.