Tamanho do texto

Loducca orientou jogador na criação de movimento contra discriminação racial; Luciano Huck lançou até camiseta

Neymar convocou seus seguidores a postar fotos com banana e foi prontamente atendido
Reprodução/Instagram
Neymar convocou seus seguidores a postar fotos com banana e foi prontamente atendido

Após o caso de racismo envolvendo o jogador Daniel Alves, que foi vítima de racismo neste domingo (27) na vitória por 3 a 2 do Barcelona sobre o Villarreal, no estádio El Madrigal, diversos famosos aderiram ao movimento "Somos todos macacos" , lançado por Neymar.

O que muitos não sabem é que o atacante não criou a ação sozinho. Ele foi orientado pela Loducca, agência de publicidade que auxilia o craque nas campanhas publicitárias.

Segundo Guga Ketzer, sócio-diretor de criação da empresa, Neymar recebeu orientação da agência para criar um movimento contra o racismo, no qual ele também foi vítima há duas semanas. "Descobrimos que a melhor forma de combater o racismo seria ridicularizar os racistas", explica Ketzer.

Apesar de o movimento ter ganhado repercussão internacional, o sócio-diretor nega que a ação tenha teor publicitário. "Não estamos vendendo nada. Estamos simplesmente usando a publicidade para combater o racismo", defende o executivo. 

Huck lança camiseta

Na onda do protesto contra racismo no Brasil, o apresentador Luciano Huck lançou nesta segunda-feira (28) uma camiseta inspirada na hashtag de Neymar e agência Lodduca: "Somos todos macacos".

A peça foi criada pela marca Huck, uma parceira da grife Reserva com o apresentador da Globo.