Tamanho do texto

A empresa concordou em setembro em vender o negócio para a Microsoft em um acordo de € 5,4 bilhões (US$ 7,4 bilhões)

Reuters

Nokia obteve aprovação de autoridades chinesas para vender negócio de telefonia móvel à Microsoft
Divulgação
Nokia obteve aprovação de autoridades chinesas para vender negócio de telefonia móvel à Microsoft

A Nokia recebeu aprovação das autoridades chinesas para vender seu negócio de telefonia móvel à Microsoft, afirmou nesta terça-feira (08), acrescentando que não houve pedido para mudar suas práticas de patentes.

A Nokia concordou em setembro em vender o negócio para a Microsoft em um acordo de € 5,4 bilhões (US$ 7,4 bilhões). No entanto, a empresa finlandesa manteve seu portfólio de patentes, que é visto por analistas como uma promissora fonte de crescimento futuro.

Leia também: Chineses temem piora nas condições de trabalho com união de Nokia e Microsoft

A Nokia disse que ainda espera que o acordo com a Microsoft seja fechado em abril.

"A Nokia e a Microsoft já receberam aprovações regulatórias da República Popular da China, da Comissão Europeia, do Departamento de Justiça dos Estados Unidos e de inúmeras outras jurisdições", disse a Nokia em um comunicado.

Às 9h11 (horário de Brasília) as ações da Nokia subiam 3,29%.

Como fabricante de celulares, a Nokia pagava rivais para o uso de suas licenças de tecnologia, também cobrando pelas suas próprias licenças. Reestruturada, a Nokia ficaria livre para elevar essas taxas, dizem analistas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.