Tamanho do texto

Recursos obtidos com operação serão destinados à liquidação do endividamento da Telemar Participações

Reuters

A emissão envolve apenas duas debêntures, cada uma com valor unitário de R$ 1,714 bilhão
Divulgação
A emissão envolve apenas duas debêntures, cada uma com valor unitário de R$ 1,714 bilhão

A assembleia geral de acionistas da Telemar Participações, controladora da Oi, aprovou em reunião nesta terça-feira (25) a emissão privada de R$ 3,428 bilhões em debêntures conversíveis em ações ordinárias, em mais um passo para a fusão da operadora com a Portugal Telecom.

-Leia também: Oi vai reforçar TV paga para rentabilizar base de clientes

Os recursos obtidos por meio da emissão serão destinados à liquidação do endividamento da Telemar Participações e ao resgate antecipado da totalidade das ações preferenciais de emissão da companhia, disse empresa em comunicado nesta terça-feira (25).

A emissão envolve apenas duas debêntures, cada uma com valor unitário de R$ 1,714 bilhão, sem remuneração sobre os títulos, e em série única.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.