Tamanho do texto

Rede iniciou plano de redução de gastos que deve gerar economia de cerca de R$ 500 milhões até 2015

Reuters

A ações da varejista Staples caíram mais de 15% nesta quinta-feira (6)
Divulgação
A ações da varejista Staples caíram mais de 15% nesta quinta-feira (6)

A Staples disse que iria fechar 225 lojas nos Estados Unidos e no Canadá — 12% de suas unidades na América do Norte — e projetou outro recuo de vendas trimestrais, no momento em que perde consumidores para redes de consumo de massa e varejistas online.

A ações da maior varejista dos Estados Unidos que fornece material de escritório caíram mais de 15% nesta quinta-feira (6) depois que a companhia também divulgou resultados do quarto trimestre abaixo do esperado e projetou lucro para o trimestre atual abaixo do esperado pelos analistas.

-Leia também: Staples mira na rede de lojas Caçula I

A Staples tem 1.846 lojas nos Estados Unidos e no Canadá.

A Staples disse que iniciou um plano multianual de redução de gastos que deve gerar economia de custos antes de impostos de cerca de R$ 500 milhões até 2015.

A empresa projetou lucro entre US$ 0,17 e US$ 0,22 por ação para o primeiro trimestre. Em média, analistas esperavam US$ 0,27, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

As vendas da Staples caíram 10,6% para US$ 5,87 bilhões no trimestre encerrado em 1º de fevereiro, marcando a quarta queda trimestral seguida. Analistas em média esperavam US$ 5,97 bilhões. Excluindo o impacto de uma semana extra no trimestre um ano antes, as vendas totais caíram 4%.

O lucro líquido das operações continuadas aumentou para US$ 212 milhões, ou US$ 0,33 por ação, ante US$ 90 milhões, ou US$ 0,14 por ação, um ano antes.

A companhia lucrou US$ 0,33 por ação das operações continuadas, excluindo itens. Analistas em média esperavam US$ 0,39 por ação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.