Tamanho do texto

Cervejaria holandesa também planeja aumento modesto nos preços das bebidas

Mercados em desenvolvimento são responsáveis por cerca de metade dos negócios da empresa
Divulgação
Mercados em desenvolvimento são responsáveis por cerca de metade dos negócios da empresa

A Heineken espera crescimento em volume de vendas em 2014 com a expansão de mercados emergentes equalizando a diminuição do consumo na Europa. A empresa também planeja aumento modesto nos preços.

-Leia também: Heineken lança nova cerveja com suco de limão da marca Kaiser

A cervejaria holandesa, contudo, interrompeu previsões de crescimento de receita no curto prazo porque a fraqueza das moedas dos mercados emergentes pode prejudicar os números. Mercados em desenvolvimento são responsáveis por cerca de metade dos negócios da empresa.

A companhia de controle familiar disse que planeja aumentar os lucros este ano, cortando custos e desligando um número não especificado de funcionários.

A Heinken registrou queda de 52% no lucro líquido em 2013, para € 1,36 bilhão (US$ 1,850 bilhão), de € 2,91 bilhões em 2012. As receitas, no entanto, aumentaram 1,3% no período, para € 21,3 bilhões

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.