Tamanho do texto

Maior petroquímica da América Latina informou no balanço que setores mais dependentes de investimentos em infraestrutura no Brasil não indicam retomada da produção

Reuters

Polo da Braskem em Camaçari, na Bahia
Divulgação
Polo da Braskem em Camaçari, na Bahia

A maior petroquímica da América Latina, Braskem teve lucro líquido de R$ 394 milhões no terceiro trimestre, revertendo resultados negativos apurados no mesmo período de 2012 e no segundo trimestre deste ano.

Veja também: Braskem e Toyota Tsusho renovam parceria de resina verde

A companhia informou no balanço que setores mais dependentes de investimentos em infraestrutura no Brasil não indicam retomada da produção, depois que o consumo aparente de resinas termoplásticas entre julho e setembro caiu 8% sobre o segundo trimestre.

O resultado saiu praticamente com a abertura da bolsa paulista nesta quinta-feira e as ações da empresa exibiam alta de 1,96% às 10h19, enquanto o Ibovespa tinha queda de 0,84%.