Tamanho do texto

Transação inclui a aquisição da unidade de aparelhos e serviços e também a compra das patentes

Agência Estado

Steve Ballmer (esq.) e Stephen Elop (dir.) durante apresentação do Lumia 920
Getty Images
Steve Ballmer (esq.) e Stephen Elop (dir.) durante apresentação do Lumia 920

A Microsoft anunciou há pouco que está comprando a fabricante Nokia por € 5,44 bilhões (R$ 17 bilhões). A transação inclui a aquisição da unidade de aparelhos e serviços da Nokia por € 3,49 bilhões e a compra das patentes registradas pela Nokia por € 1,65 bilhão.

Leia também:
Conheça os celulares da linha Lumia, fruto da parceria entre Nokia e Microsoft
Nokia compra parte da Siemens na Nokia-Siemens por US$ 2,2 bilhões

Uma vez que o negócio seja concluído, executivos da Nokia se juntarão aos da Microsoft, incluindo Stephen Elop, presidente executivo da Nokia que é um dos mais cotados para assumir a presidência da Microsoft no lugar do CEO Steve Ballmer. Jo Harlow, Juha Putkiranta , Timo Toikkanen e Chris Weber também devem se juntar à equipe da compradora.

Para financiar o negócio, a Microsoft vai mergulhar em suas grandes reservas de caixa no exterior. No final da operação, cerca de 32 mil funcionários devem ser transferidos para a Microsoft, incluindo 4.700 apenas na Finlândia.

Veja mais: Presidente da Nokia reduziu sua compensação em 45% em 2012

A Nokia vai se concentrar em seus negócios fazendo equipamentos de rede, serviços baseados em localização e outras "tecnologias avançadas". As demais empresas do grupo respondem por cerca de metade das vendas da empresa em 2012.