Tamanho do texto

No acumulado do 1º semestre, houve alta de 1,3%, a menor taxa para o período desde 2011

Reuters

No acumulado do 1º semestre, houve alta de 1,3% na inadimplência das empresas
Getty Images
No acumulado do 1º semestre, houve alta de 1,3% na inadimplência das empresas

A inadimplência de empresas cresceu 3,5% em junho, na comparação com igual período de 2012, informou a Serasa Experian nesta terça-feira (30). No acumulado do primeiro semestre, houve alta de 1,3%, a menor taxa para o período desde 2011.

Veja também: Inadimplência no Brasil recua para menor patamar desde julho de 2011

Economistas da Serasa Experian alertaram em nota, que, apesar do crescimento contido, o resultado semestral ocorre sobre uma base elevada, o primeiro semestre de 2012. A taxa na primeira metade de 2011 havia sido de avanço de 13,1%.

"Vale lembrar que os dois anos anteriores foram de alta inadimplência para os negócios, em decorrência dos impactos da crise global, câmbio desvalorizado e da inadimplência do consumidor", informou a instituição. A Serasa ainda considerou que o cenário atual continua pouco favorável para as empresas, por causa da baixa atividade econômica.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.