Tamanho do texto

De acordo com a companhia aérea, a medida é necessária para compensar alta de custos com o câmbio e combustível

Agência Estado

Alta dos custos levou a empresa a reduzir em 12% a oferta de voos no mercado doméstico
Divulgação
Alta dos custos levou a empresa a reduzir em 12% a oferta de voos no mercado doméstico

A TAM anunciou que o "ajuste no seu quadro de tripulantes" se dará exclusivamente na tripulação (pilotos, copilotos e comissários) e que ficará abaixo dos mil postos de trabalho. De acordo com a companhia aérea, a medida é necessária para compensar alta de custos com o câmbio e combustível.

A alta dos custos levou a empresa a reduzir em 12% a oferta de voos no mercado doméstico desde 2011. "A presente medida, portanto, visa a adequar o quadro funcional à realidade operacional já em vigor", afirma nota da TAM.

Veja também: TAM domina 40% do mercado doméstico

A empresa deu início, nesta terça-feira (30), às negociações com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA). A companhia afirma que nenhum dos voos atualmente programados será afetado.