Tamanho do texto

Companhia americana teve lucro de US$ 63 milhões no ano fiscal encerrado em fevereiro

Agência Estado

A transação já foi aprovada pelos conselhos das duas companhias
Getty Images
A transação já foi aprovada pelos conselhos das duas companhias

A varejista americana Saks concordou em ser comprada pela canadense Hudson's Bay por quase US$ 2,8 bilhões. A transação já foi aprovada pelos conselhos das duas companhias.

-Veja também: resultados da Macy's e Saks superam expectativas de lucros no último trimestre

A Hudson's vai pagar US$ 16 por cada ação da Saks, um prêmio de 4,5% em relação ao fechamento de sexta-feira (26). No fim do primeiro trimestre, a Saks operava 42 lojas Saks Fifth Avenue e 66 unidades no modelo outlet.

A companhia teve lucro líquido de US$ 63 milhões no ano fiscal encerrado em 2 de fevereiro, com US$ 3,15 bilhões em vendas. A Hudson's espera conseguir cerca de US$ 97,3 milhões por ano em sinergias dentro de três anos.

Por volta das 12h (de Brasília), as ações da Saks subiam 3,66% na Bolsa de Nova York, enquanto os papéis da Hudson's avançavam 7,40% na Bolsa de Toronto.