Tamanho do texto

Companhia anglo-holandesa de bens de consumo afirmou que o crescimento está desacelerando nos mercados emergentes

Reuters

A companhia anglo-holandesa de bens de consumo Unilever divulgou crescimento de 5% nas vendas do segundo trimestre, pouco abaixo das expectativas do mercado, e afirmou que o crescimento está desacelerando nos mercados emergentes.

O grupo afirmou nesta quinta-feira (25) que os mercados emergentes cresceram 10,3% no trimestre, desempenho ligeiramente inferior ao avanço de 10,4% no trimestre anterior, com queda de 1,3% nos mercados desenvolvidos no mesmo período.

Veja também: Unilever lidera ranking de investimentos em publicidade no Brasil em 2013

"O crescimento está se desacelerando nos mercados emergentes, com ventos macroeconômicos contrários influenciando o comportamento do consumidor", disse a empresa. "Os mercados desenvolvidos permanecem sem energia, com poucos sinais de qualquer recuperação na América do Norte ou na Europa."

Analistas esperavam que a empresa apresentasse um crescimento de vendas de 5,5%, de acordo com consenso compilado pela empresa.

Veja também: Unilever eleva participação em unidade indiana para 67%

O avanço mais forte do grupo continuou a vir de sua divisão de produtos de consumo doméstico e com a divisão de higiene, que aumentaram as vendas em 10,2% e 7,7%, respectivamente. A empresa disse que fez progressos na melhoria da sua margem operacional, que subiu 0,4 ponto percentual no primeiro semestre, para 14%.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.