Tamanho do texto

Crescimento foi de 7,9% na comparação com o mesmo período do ano passado

Agência Estado

A empresa mexicana de telecomunicações América Móvil, controlada pelo bilionário mexicano Carlos Slim, anunciou um lucro líquido de 14,2 bilhões de pesos mexicanos (US$ 1,1 bilhão) no segundo trimestre, com crescimento de 7,9% na comparação com o mesmo período de 2012.

-Veja também: ação da América Móvil, do magnata Carlos Slim, interrompe série de perdas

O lucro por ação ficou em 0,19 peso. A receita alcançou 194,8 bilhões de pesos no segundo trimestre, com crescimento de 1,6% em relação ao mesmo período de 2012.

O bilionário mexicano Carlos Slim é dono da América Móvil, empresa de telecomunicações
Getty Images
O bilionário mexicano Carlos Slim é dono da América Móvil, empresa de telecomunicações

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) recuou 2,1%, para 65,0 bilhões de pesos. Analistas consultados pela Dow Jones previam um lucro líquido de 11,8 bilhões de pesos, uma receita de 190,3 bilhões de pesos e um Ebitda de 61,9 bilhões de pesos.

Em comunicado, a América Móvil disse que "com a economia dos EUA aparentemente sobre bases melhores, a atividade econômica na América Latina parece ter acelerado no segundo trimestre".

A empresa atua em 18 países do continente e informou que o número de assinantes de seus serviços fixos, que incluem telefonia, banda larga e televisão, teve um crescimento de 1,6 milhão no segundo trimestre, para 66,8 milhões.

Houve uma redução líquida de 867 mil no número de assinantes de telefonia celular, por causa do desligamento de contas inativas, principalmente no Equador e no Peru.