Tamanho do texto

Vendas trimestrais comparáveis subiram 5,2% em relação ao mesmo período do ano anterior

Reuters

Analistas esperavam que a fabricante apresentasse um crescimento de cerca de 5,5%,
Getty Images
Analistas esperavam que a fabricante apresentasse um crescimento de cerca de 5,5%,

As vendas da L'Oréal cresceram um pouco menos do que o esperado no segundo trimestre, mas o maior grupo de cosméticos do mundo apontou para uma melhora na comercialização de seus produtos para salões de beleza, que apresentam fraco desempenho.

As vendas trimestrais comparáveis subiram 5,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, informou a companhia nesta terça-feira (16).

-Veja também: cientistas brasileiros trocam laboratórios por empresas

Analistas esperavam que a fabricante de shampoo Garnier e do perfume Yves Saint Laurent apresentasse um crescimento de cerca de 5,5%, praticamente em linha com os três meses anteriores.

As ações da L'Oréal, que fecharam com queda de 1,5% na terça-feira (16), acumulam alta de quase 25% desde o início do ano.

O grupo disse que a unidade de produtos profissionais para salões de beleza sofreu, principalmente no sul da Europa, mas ainda assim obteve um crescimento de 2,7% das vendas numa base comparável no trimestre até 30 de junho, em comparação com nenhum crescimento no primeiro trimestre.

Do ponto de vista regional, o crescimento das vendas permaneceu estável na Europa Ocidental em 1,7%, mas desacelerou na América do Norte, de 6,3% para 4,5%.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.