Tamanho do texto

Segundo fundação, dificuldades acontecem na Baixada Santista e no Vale do Ribeira (SP)

Agência Estado

Claro terá de explicar os motivos das falhas e quais foram os serviços afetados
AE/FABIO MOTTA
Claro terá de explicar os motivos das falhas e quais foram os serviços afetados

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado de São Paulo (Procon-SP) enviou nesta terça-feira (16) notificação para a Claro a fim de que a empresa de telefonia preste esclarecimentos sobre falhas na rede de celular na região da Baixada Santista e do Vale do Ribeira (SP).

De acordo com o Procon-SP, as dificuldades acontecem desde o dia 8.

-Veja também: Itaú, Claro e Bradesco lideram lista de reclamações do Procon-SP

Segundo a fundação, a Claro terá de explicar os motivos das falhas, quais foram os serviços afetados, o número de consumidores prejudicados e as medidas adotadas para a compensação dos clientes.

O Procon-SP afirmou que, se forem comprovadas irregularidades, a empresa poderá ser penalizada, até mesmo com autuação, nos termos do Código de Defesa do Consumidor.