Tamanho do texto

Segundo fato relevante, ações farão jus ao recebimento integral e não serão rateadas

Reuters

Na quinta-feira (5), a empresa informou que decidiu cancelar a oferta pública de ações da companhia
Divulgação
Na quinta-feira (5), a empresa informou que decidiu cancelar a oferta pública de ações da companhia

A MPX retificou nesta sexta-feira (5) informação envolvendo aumento de capital privado, anunciado na quinta-feira (4).

-Veja também: Eike Batista deixa o Conselho da MPX, sua empresa de energia térmica

De acordo com fato relevante, as ações a serem emitidas no aumento de capital farão jus ao recebimento integral, "e não pro rata tempore [não serão rateadas ao longo do tempo], como anteriormente informado, de dividendos, juros sobre capital próprio e distribuições de capital aprovados pela companhia, em relação ao ano fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2013".

A MPX disse ainda que a posição acionária de 8 de julho servirá de base para determinar direitos de preferência aos acionistas.

Na quinta-feira (5), a empresa informou que seu Conselho de Administração decidiu cancelar a oferta pública de ações da companhia e promover um aumento de capital de R$ 800 milhões por meio de uma operação privada, diante das condições desfavoráveis dos mercados acionários.

O Conselho também aceitou a renúncia do empresário Eike Batista do cargo de presidente e membro do grupo.