Tamanho do texto

Foi determinado que empresas envolvidas na operação recolham multa por intempestividade

Agência Estado

O Grupo Confidence e a Travelex atuam no mercado de câmbio e administração de cartões pré-pagos
AP
O Grupo Confidence e a Travelex atuam no mercado de câmbio e administração de cartões pré-pagos

O Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou na sessão de julgamento desta quarta-feira (3), sem restrições, a aquisição de 100% do capital social das empresas que compõem o Grupo Confidence pela Travelex do Brasil Holding Ltda.

-Veja também: Britânica Travelex compra Grupo Confidence no Brasil

Mas foi determinado que as empresas envolvidas na operação recolham multa, por intempestividade [recurso interposto fora do prazo legal]. "Os quatro documentos que formalizam a operação são datados de 2011, ao passo que a notificação ocorreu em 2013", explicou Ana de Oliveira Frazão, conselheira relatora do caso.

O valor da multa, entretanto, é confidencial. De acordo com a conselheira relatora, o ato de concentração não apresenta problemas do ponto de vista concorrencial.

Atuação no mercado

Na época em que os contratos foram formalizados, a Travelex não exercia nenhuma atividade no Brasil, porque, em 2010, a empresa vendeu suas operações de administração de cartões pré-pagos à Mastercard. Essa operação também foi submetida ao Cade e aprovada sem restrições.

O Grupo Confidence e a Travelex atuam no mercado de banco de câmbio, corretora de câmbio, administração de cartões pré-pagos, agências de viagem, atividades de consultoria em administração de negócios —com exceção de técnica específica— e suporte técnico e manutenção em tecnologia de informação, informa o Cade.