Tamanho do texto

Paul Deneve, que entrou na marca de luxo francesa em 2011, já havia assumido posições em vendas e marketing na Apple entre 1990 e 1997

Reuters

Paul Deneve, ex-presidente da Yves Saint Laurent
Divulgação
Paul Deneve, ex-presidente da Yves Saint Laurent

A Apple contratou o ex-presidente do grupo de luxo francês Yves Saint Laurent para "projetos especiais", se reportando diretamente ao presidente-executivo da companhia, Tim Cook.

Veja também: Samsung viola patente da Apple, determina tribunal de Tóquio

Paul Deneve, que entrou na Yves Saint Laurent em 2011 após acumular cargos sênior na indústria da moda nas marcas Courreges, Nina Ricci e Lanvin, já havia assumido posições em vendas e marketing na Apple entre 1990 e 1997, na Europa.

Veja também: Indústria do luxo cai na real no Brasil

Não estão claros os projetos especiais que ficarão sob responsabilidade de Deneve na Apple, e a empresa ainda está à procura de alguém para dirigir suas operações de varejo após a saída de John Browett ano passado, após menos de um ano no cargo.